Review Ep.1 Resident Evil Revelations 2 para PS4

Primeiramente, gostaríamos de agradecer à nossa parceira Central Psn por ter nos cedido o game do PS4 para que pudéssemos fazer a review.

banner_face01

Para a felicidade geral dos fãs de Claire Redfield finalmente chegou o dia do lançamento do primeiro episódio do novíssimo Resident Evil Revelations 2. Você vai poder conferir nesta review tudo sobre o jogo que promete (assim como Resident Evil HD Remastered) levar a série de volta às suas origens.

resident_evil_revelations_2_wallapaper_by_allan_valentine-d7yr60j

Considerações introdutórias

Resident Evil Revelations 2 representa um marco de inovação na franquia RE. O game é o primeiro título da série lançado na forma de episódios e, assim como Resident Evil Remake HD Remastered também oferecerá o cross buy que permitirá aos donos de PS3 e PS4 jogar o game em ambos os consoles.

Em Resident Evil Revelations 2 o jogador poderá jogar com Claire Redfield (que debutou em Resident Evil 2) ou Barry Burton (visto pela primeira vez em Resident Evil 1).

Claire Redfield: Outra personalidade?
Claire Redfield

Neste novo game podemos ver uma Claire diferente daquela que vimos em Resident Evil 2 e também em Resident Evil Code Veronica. Com o passar dos anos, Claire acabou tendo mudanças em sua personalidade que a fez mudar e tornar-se ainda mais autossuficiente.

Barry
Barry Burton já mais velho e quase careca

 

No que tange a Barry o personagem também apresenta muitos sinais de envelhecimento, afinal desde sua primeira aparição já se passaram muitos anos. Apesar da mudança física, Barry continua sendo um especialista e grande entusiasta de armas de fogo. Se você conhece os games anteriores da série sabe que Barry está sempre acompanhado de sua melhor amiga, leia-se sua Magnum.

Leia também

Resident Evil 2 Remake feito por fã

Review Resident Evil HD Remastered para PS4

Evil Within para PS4

História

Resident Evil Revelations 2 faz parte da cronologia oficial da franquia e se passa entre os eventos de Resident Evil 5 e Resident Evil 6. O game começa em uma festa da ONG Terra Save, organização esta que tem Claire Redfield como membro e que fora introduzida no longa de animação Resident Evil: Degeneration. Na festa estão presentes Claire e Moira Burton. Moira é filha de Barry Burton e será o personagem secundário no game na campanha de Claire.

claireemoira
Claire e Moira

 

Tudo ia muito bem até que todos são surpreendidos por homens armados vestidos com roupas que relembram às de Hunk em Resident Evil 2. Esses homens vão até Claire e Moira e as aplicam algum tipo de injeção que as põe para dormir.Logo em seguida Claire acorda em um estabelecimento prisional e o game começa.

Gráficos

Os gráficos do game deixaram a desejar. Talvez isso se dê em razão de que o mesmo foi lançado também para os consoles da geração anterior e, com isso, a exploração da capacidade gráfica da nova geração ficou comprometida. No geral os ambientes estão mais bem trabalhados do que os personagens, sejam eles os protagonistas ou inimigos.

Jogabilidade

A jogabilidade apresenta ao jogador os mesmos elementos já vistos nos últimos jogos da série Resident Evil. Controla-se o personagem em terceira pessoa, com a câmera atrás de seu ombro alternando para primeira pessoa na hora de mirar. É possível escolher alguns tipos diferentes de sistema de mira e corrida que utilizam como base games anteriores da série (pode-se escolher o esquema de Resident Evil 4, 6 dentre outros. Fica a cargo do jogador).

É possível constatar alguns bugs no que tange à mobilidade do personagem secundário. Não é incomum ele ficar se mexendo aleatoriamente em ambientes pequenos ou quando aponta-se a mira para ele (pois o mesmo fica sempre tentando sair do ponto onde a mira foi apontada).

Além disso, a movimentação do personagem principal é um tanto quanto robótica. Neste quesito Revelations 2 perde de longe para The Evil Within.

Trilha sonora

A trilha sonora consegue deixar o jogador aflito e sempre alerta como já é de praxe nos games da franquia.

Campanhas

O primeiro episódio começa logo de cara com a campanha de Claire e Moira. Depois que se termina essa campanha já tem início a de Barry logo em sequência. Em ambas as campanhas e possível alternar do personagem principal para o secundário e é importante que o jogador domine bem isso, pois para derrotar inimigos será muito útil.

A partir de agora irei trazer alguns elementos das campanhas de Claire e de Barry com alguns spoilers. Então se você não quer ter spoilers acerca do enredo do decorrer do game sugiro que pule os dois tópicos abaixo.

Conheça o Resident Evil 1.5

O pesadelo de Moira e Claire

Claire acorda em uma cela dentro de um estabelecimento prisional. Lá ao decorrer das cenas, temos a nítida impressão de que há alguém assistindo tudo o que se passa. Se não bastasse terem sido sequestradas e colocadas em um ambiente um tanto quanto amedrontador, Claire e Moira possuem agora um bracelete em seus punhos, ferramenta essa que muda de cor de acordo com o nível de medo que a pessoa que o está usando demonstra.

bracelete

Claire sai então da cela onde se encontra e vai em busca de Moira. Não demora muito e as duas se encontram e começam a vivenciar o que de fato se passava ali naquela prisão. O jogo aos poucos vai contando os fatos que se passam lá por meio de files e também citações aleatórias de Franz Kafka.

Após enfrentarem alguns inimigos (cuja movimentação relembra à dos inimigos de Resident Evil 5), Claire e Moira se deparam com uma torre de rádio e decidem ir até lá para tentar enviar um sinal de S.O.S., porém antes disso as duas se dão conta de que a prisão onde encontram-se se localiza em uma ilha, ou seja, sair de lá por conta própria sem barco ou outro meio de transporte marítimo é tarefa impossível.

Ao longo da campanha de Claire, uma mulher faz por diversas vezes contato com as protagonistas por meio do bracelete. Será ela a vilã principal do game? Teremos que aguardar para ver.

Chegando na torre de rádio Moira transmite uma mensagem de socorro, contudo nenhum tipo de resposta é por ela ouvida ficando as duas sem saber se alguém captou tal transmissão. Assim, termina a campanha das duas nesse primeiro episódio.

moira
Moira cegando um inimigo

Controlando Claire, o jogador pode atirar nos inimigos e usar ataque corpo-a-corpo com a faca. Já Moira possui um pé-de-cabra para ataques manuais e também possui uma lanterna. Com ela, é possível encontrar itens escondidos como munições e upgrades de armas. Além disso, Moira também pode cegar inimigos e com isso eles ficam atordoados o que possibilita a Claire um golpe certeiro (ótimo para economizar munição).

5 razões para você jogar Resident Evil Revelations 2

Barry Burton – A missão

A campanha de Barry tem início com uma cutscene dele chegando em um barquinho ouvindo em um gravador a transmissão enviada por Moira. De alguma maneira a mensagem por ela enviada chegou até seu pai e ele está agora a caminho da ilha (e da prisão) para salvar sua filha querida.

Chegando na ilha, Barry é surpreendido por Natalia (que será a personagem secundária em sua campanha). Enquanto Moira tem a habilidade da lanterna, Natalia consegue ver a presença de inimigos mesmo a distâncias grandes o que possibilita a Barry poder se preparar para enfrentá-los. Esse será um ponto que deverá ser bem explicado, afinal Resident Evil não é um game paranormal, assim como será possível que uma menina tenha a habilidade de ver inimigos (inclusive através de paredes)?

natalia
Natalia: Portadora de algum poder especial?

 

Na campanha de Barry não vemos muitos inimigos (isso por que Claire e Moira já fizeram “a limpa”). Porém os inimigos que vemos são muitos mais fortes daqueles enfrentados por Claire. Tem-se aqui uma clara distinção entre as campanhas e isso é corroborado pelo fato de Barry já chegar na ilha com três armas (para poder enfrentar os inimigos mais desafiadores).

barrymagnum

Afinal, para que serve o presídio?

Conforme vai se jogando o game, o mesmo dá dicas sobre que tipo de atividade vinha sendo desempenhada naquele lugar. Os inimigos são na realidade cobaias de algum tipo de experimento (será que Claire e Moira também são e já estão com algum tipo de vírus no corpo desde que foram sequestradas na festa da Terra Save?).

Apesar do ambiente bem trabalhado que vemos, o game peca no quesito “sustos” digamos assim. Apesar de tentar remontar uma atmosfera nostálgica e escura o jogo não consegue pôr medo no jogador. A sensação que temos ao jogar é que temos um game de ação com elementos survival horror. Nem 8, nem 80.

prison

Idiomas

Ao contrário do que vimos em Resident Evil Remake HD, em Resident Evil Revelations 2 temos legendas em português. Infelizmente (ou felizmente) o áudio não está disponível em nossa língua.

Concluindo

Resident Evil Revelations 2 consegue entregar em parte tudo aquilo que havia prometido. No que tange à ideia de voltar ao feeling survival horror da série o game peca em alguns aspectos, mas acerta em outros. Se por um lado a a movimentação do personagem pode deixar a desejar, por outro a resistência e agilidade dos inimigos conseguem trazer um gostinho de survival horror que os fãs tanto gostam. Aliado a isso, a escassez de munição e ervas bem como o fato de os inimigos não darem itens quando são mortos deixa o jogo mais desafiador.

Se você é fã da série Resident Evil vale a pena pegar Resident Evil Revelations 2 da prateleira, pois o game apresenta alguns mistérios que com certeza gostaríamos muito de descobrir como quem é a vilã principal do jogo? Sabemos que é uma mulher e que já foi vista na série e também que possui algum tipo de fissura por frases de Franz Kafka, mas fora isso ainda estamos totalmente no escuro sem saber contra quem estamos lutando e muito menos por que fomos colocados nesse “experimento”.

Nossa análise

Como Resident Evil Revelations 2 é um game dividido em episódios, vamos deixar para avaliar a nota final do jogo com o lançamento do último deles, porém iremos avaliar os demais episódios na medida em que os mesmo são lançados para poder entender o que se passa nesse mais novo game da série Resident Evil.

Não deixe de acessar o PP para conferir as reviews dos episódios posteriores.

Abraços, até a próxima.

Equipe Pro Players.

Curta o PP no Facebook